top of page

Thaís Medeiros - artes plásticas /arte urbana
obras em serigrafia e acrílica sobre tela, lambes e murais em técnica mista 

Bailarina Movimento 1, 2, 3... (mural)

Obras em técnica mista - lambe-lambe, stencil e acrílica sobre papel inspiradas na "Pequena Bailarina de Catorze Anos", de Edgar Degas.

Esta série é um desdobramento da série premiada de mesmo nome a qual foi exibida em varias mostras individuais e coletivas desde 2005

Lambe Manifesto

Este projeto é um desdobramento da performance-instalação Tapete Manifesto, de 2013, de autoria de Thaís Mederos, que trata do tema da violência contra a mulher e já foi apresentada na Alemanha, Dinamarca, e em várias regiões do Brasil como Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Florianópois (SC), Alfenas (MG), etc.

Bailarina Movimento 1, 2, 3...

Obras em serigrafia e acrílica sobre tela inspiradas na "Pequena Bailarina de Catorze Anos", de Edgar Degas.

São composições, interações entre a pintura, desenho e palavra com pinceladas ativas de matizes vibrantes e suaves.

 

Esta série já foi exibida em 2010 no Espaço Cultural do Conjunto Nacional, estações do metrô de São Paulo, no Reserva Cultural de Cinema e no Espaço Cultural do Café Martinelli Midi, no centro de São Paulo; algumas obras desta série também participaram de mostras coletivas e foram premiadas como no Salão de Arte da ACSP Pinheiros e em coletivas internacionais como a Mostra Internacional de Arte Contemporânea de Luxemburgo (pela Galerie Bresil), e Centro Cultural Lauderdale House, Londres.

Cores e Traços da Origem

Obras em serigrafia, impressão digital e acrílica sobre tela inspiradas em imagens de índios brasileiros, cantos, mitos e na língua indígena, que revelam a visão da artista sobre a ancestralidade do povo brasileiro através de cores, formas, desenhos e palavras, convidando o expectador a sentir e a refletir sobre sua origem. Esta individual já foi realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo em 2011,  em 2015 nas estações do metrô de São Paulo: Corinthians – Itaquera, Sacomã, Tiradentes e Paraíso, e também compôs a Intervenção Cores e Traços da Origem, realizada na Avenida Paulista em 2013, e em 2021 no Elevado João Goulart e Pça Roosevelt.

As obras “Índio Brasileiro 5” e “Índio Brasileiro” conquistaram respectivamente Medalha de Prata no Centro Cultural Lauderdale House (Londres) pelo Instituto Cultural Século e Arte, e Medalha de Ouro no 22° Salão de Arte da ACSP.

*Imagens inspiradas em fotos de Rodrigo Petrella e Pedro Martinelli; Texto da obra Gaobub - livro “Vozes da Origem” de Betty Mindlin e narradores Suruí Paiter