Vozes Originárias ou o Céu que Ameaça Desabar

Intervenção urbana

Terra Sangue

Vozes Originárias… O mundo está acabando, estamos consumindo esse mundo, essa terra, esse sangue…

Terra Sangue

As vozes originárias clamam… A mãe terra está doente, nossos povos também adoecem...

Terra Sangue

 

A intervenção urbana “Vozes Originárias ou O Céu Que Ameaça Desabar” é uma tentativa de recriar uma experiência que pretende reivindicar e apropriar-se da cidade como um espaço para a arte lançando um olhar para as culturas indígenas.

 

A contemporaneidade nos absorve com a tecnologia e acúmulo de informações. Vivemos inseridos em um cotidiano que nos dissolve a identidade… Estamos cada vez mais desatentos às mensagens das artes.

 

“Vozes Originárias ou O Céu que Ameaça Desabar” foi concebida pela atriz e artista visual Thaís Medeiros e propõe criar no espaço urbano um tempo-espaço poético para refletirmos sobre as reivindicações dos povos originários com relação à demarcação e à invasão de suas terras, e seus pedidos contra a destruição da natureza e das florestas.

 

Um grito na urbe, na rua, uma atitude de ocupação, de presença e de resistência contra políticas prejudiciais a povos indígenas e aos ataques que os mesmos sofrem em seus territórios no Brasil.

 

A imagem simbólica dos carros passando sobre a imagem de um pajé reflete a nossa ignorância sobre as nossas origens, a nossa violência como civilização passando por cima de nossa própria história, de nossas origens, de nossas vozes ancestrais, dos nossos ritos e destruindo a vida…

 

“Os povos originários não estão nas florestas eles são a floresta”  

 Ailton Krenak

 

Esta intervenção é um desdobramento da Intervenção urbana Índio Brasileiro que foi realizada no dia 19 de abril de 2014 no centro da cidade de São Paulo nas imediações do Teatro Municipal, Viaduto do Chá e Rua Peixoto Gomide.

VEJA O PROJETO NO FACEBOOK
 

FICHA TÉCNICA

 

Concepção e obra: Thaís Ivana de Medeiros

Com: Dani Nunes, Eliane Diniz, Ivan Medeiros, Ivani Andrade, Solange Akierman, Thaís Medeiros, Ulysses Sanchez e Valdir Ferreira

Fotografia: Tatiana Mito

Captação e edição de vídeo: GB DRONES

Imagem inspirada em foto de Rodrigo Petrella

 

Produção e Realização: Coletivo Galeria Gruta

 

Este projeto tem o apoio da Lei Aldir Blanc na cidade de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura/Prefeitura Municipal de São Paulo e do Governo Federal

 

*Esta intervenção foi realizada seguindo todas as orientações de prevenção ao coronavírus (Covid-19) recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e os órgãos de saúde